Últimos Posts

26 outubro 2015

Resenha: O Vampiro Imperador - Leonardo Barros


Autor: Leonardo Barros
Editora: Novo Século
Ano: 2015
Páginas: 400

Livro cedido pelo autor para resenha 

Sinopse:
Drucila é uma linda jovem romana, casada com o médico do imperador Nero. Diante da ausência do filho, ela entrega-se a um culto proibido de fertilidade, ato que inicia sua ruína e tem relação com sua transformação em vampira. Ciente de seu poder, ela resolve dominar Roma e não mede esforços para consegui-lo. As intenções de Drucila só poderiam ser ameaçadas por Dotan, um ser imortal como ela. Em noites de lua cheia, esse general de confiança de Nero prende a si mesmo a fim de evitar que o lobisomem, criatura que se tornou há milhares de anos, domine-o. No entanto, quando Dotan se vê diante de uma Roma guiada por energias maléficas, ele engendra sua força para tentar salvar o povo da perseguição e da tirania. O derramamento de sangue se torna um pesadelo constante. A cidade caminha, a passos rápidos, para um longo período de escuridão. Traições, jogos de poder e lutas épicas enredam essa engenhosa aventura que põe em conflito a busca pelo bem e o desejo, às vezes incontrolável, pelo poder e pela luxúria.

Resenha:
O suspense histórico ambientado em Roma no ano 65 D.C. mergulha em um universo incrível mesclando fantasia sobrenatural, mistério, deuses, lutas, intrigas, vingança, poder, fatos históricos e religiosos, sensualidade, acão e sangue. O começo desta narrativa em terceira pessoa, inicia muito antes, em 3.000 A.C. na cidade de Sodoma.

Dotan, pai amoroso do inteligente garoto Lucius e general de confiança da guarda de Nero, é um personagem muito misterioso neste suspense. Revela aos poucos  sua verdadeira história e sua essência como ser sobrenatural, bem como sua verdadeira missão nesta Roma caótica .

Drucila, linda jovem, esposa do médico do grande Imperador Nero, sonha imensamente em ser mãe. Para tal,  e às custas de qualquer condição, se entrega à forças proibidas, sem o consentimento de seu marido, o que acarreta transformações vertiginosas em sua vida. 
"Drucila era a filha bastarda de Gaius e fruto do amor dele com Charla, uma camponesa de uma das suas fazendas de oliveiras. Gaius passava mais tempo na companhia de Charla e de sua amada filha Drucila do que em Roma, junto à sua família legalmente reconhecida. E desde a primeira vez que Emilianus viu aquela menina branquíssimade cabelos negros, ele a amou."
Foi a personagem que mais me conquistou em todos os momentos desta história, com todas as reviravoltas e facetas reveladas. Uma antagonista forte, intensa e complexa!
"De onde viera aquele vômito sanguinolento? E o sangue que lhe untava as vestes, de quem era? Talvez a facada fosse um sonho, mas a experiência com Plutão fosse verdadeira! Talvez o beijo do deus dos mortos a tivesse trazido de volta à vida, e todo aquele vômito sanguíneo representasse o milagre da cura! Plutão a fizera expulsar o espírito que a consumia em forma de vômito e sangue? Estava confusa, muito confusa..."
A leitura surpreende em vários momentos, pois segue rumos diversos e traz revelações ao longo do toda a trama, propiciando um bom ritmo no decorrer das páginas, distribuídas em capítulos curtos, que para mim, tornaram o ritmo de leitura mais dinâmico e envolvente. A capa  é linda e a diagramação impecável, belo trabalho!

Gostei muito quando li  Presságio - O Assassinato da freira nua do mesmo autor e neste novo trabalho senti uma história escrita com maior complexidade, narrativa envolvente e ainda mais elaborada, com cenas ricamente descritas, mas sem exageros cansativos.

A construção dos personagens me agradou e a originalidade se fez  presente, tornando-se uma marca nas obras de Leonardo Barros, bem como o desenrolar do enredo com revelações ao longo de todo o livro, ou seja, nada de escrita arrastada ou corrida no final da história. Parabéns!

Confesso que me rendi ao interesse de ler o livro, por ser um trabalho de Leonardo Barros, pois imaginava que os acontecimentos não seriam convencionais e foi exatamente o que aconteceu, uma temática sobrenatural comum, mas contada de forma inusitada. 
"Não há deus que supere a malícia e a covardia de quem se sente preterido e exilado."
Recomendo muito esta leitura, para os fãs de um bom suspense histórico sobrenatural. Um trabalho bacana do autor, com uma escrita bem elaborada para agradar aos leitores mais exigentes. Muito Bom!



Beijos!

14 comentários:

  1. Oi, Anna!
    Adorei a resenha!
    Obrigado pela divulgação!
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Leonardo!
      Adorei o livro e fico feliz que tenha gostado da resenha!
      Beijos e muito sucesso!
      Anna

      Excluir
  2. Anna, vejo este livro rondando vários Blogs literários por aí, mas nunca tive interesse de acompanhar a resenha por ser a história de um vampiro. Mas, me surpreendi com a história, pois o livro nos mostra um vampiro real, não um romântico como Edward, e isto me fez gostar da proposta do autor, com batalhas, sangue e muita "realidade". Gostei bastante da premissa de O Vampiro Imperador.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um livro sobre vampiro, mas completamente diferente, muito bacana!

      Excluir
  3. Anna!
    Desde que li sua resenha de Presságio que fiquei interessada pelo livro do autor.
    Agora ainda mais porque adoro suspenses sobrenaturais e se bem escrito, capítulos curtos e personagens elaborados, ainda melhor.
    Já entrou na lista dos desejados.
    “Temos a arte para não morrer da verdade.”(Friedrich Nietzsche)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A escrita de Leonardo Barros é deliciosa, muito envolvente e criativa!
      Boa leitura!

      Excluir
  4. Oiiiii, a sinopse não me agradou, acho que não leria o livro mesmo por sua resenha ter sido bem completa nos incentivando a ler..

    Beijinhos


    http://coruujando.blogspot.com.br ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma história original, mesmo com tendo o vampiro como ser sobrenatural, recomendo!

      Excluir
  5. Oi Anna! Confesso que a sinopse não me chamou tanto atenção assim e que não sou muito chegada em vampiros. Mas a premissa do livro é ótima e o autor soube construir muito bem sua estória.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Originalidade tem sido marcante nos livros que já li do autor, recomendo!

      Excluir
  6. gostei muito da resenha, to de olho nesse livro desde que vi nos lançamentos e me apaixonei pela sinopse, gosto de ler livros que tem vampiros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você gosta, leitura mais que recomendada!
      Um livro muito bom!

      Excluir
  7. Olá,

    O livro não me chamou tanta atenção, mas pode ser que um dia eu venha a ler. E achei a capa muito bacana!

    ResponderExcluir

© Árvore dos Contos - 2013 | Desenvolvido por Ateliê Juband | clique aqui para adquirir seu blog personalizado
--------------------------------------------------------------------------------------------